Não me importo se o caminho é difícil, eu quero realizar todos os meus sonhos. Quero o que é meu, o que é nosso. E sabe o mais bonito de tudo? É a gente poder sonhar junto.Thiaguete com muito orgulho
1/859 »
credit ©

Saty Strong.

“Quero você pra cuidar de mim. Deitar no seu abraço enquanto você fala as coisas baixinho no meu ouvido. E rir, porque nós nos divertimos muito juntos. E perceber o quanto é bom estar junto de alguém que te faz feliz.”
Clarice Lispector. (via quase-heroi)

“Saiba que onde quer que eu esteja, eu estou com saudades.”
 P.S Eu te amo   (via prestigiador)

“Eu acho que tenho essa ironia, esse deboche sim. É uma autodefesa, porque as pessoas são fogo mesmo. Então a gente tem que jogar um pouco com o deboche, com o cinismo para não se machucar.”
Cazuza.  (via quase-heroi)

“Quero sempre poder ter um sorriso estampado em meu rosto, mesmo quando a situação não for muito alegre… E que esse meu sorriso consiga transmitir paz para os que estiverem ao meu redor.”
Mário Quintana.  (via quase-heroi)

“Se tudo passa, talvez você passe por aqui.”
Engenheiros do Hawaii  (via quase-heroi)

“Longos são os dias que eu conto pro meu amor chegar. Longe eu sofro tanto e não aguento mais esse meu penar. Sinto tanta saudade da minha linda que há muito se foi. Choro todos os dias lembrando que o mundo não tem mais nós dois.”
Los Hermanos.  (via quase-heroi)

“Me afastei de pessoas que eu mais queria estar perto.”
Tati Bernardi.   (via auroriar)

Fui atrás, pensei, ajudei, dei conselhos, briguei, sofri, pedi desculpas mesmo sem culpa, fui atrás, pensei, ajudei, dei conselhos, briguei, sofri, fui atrás, cansei, deixei.

“E ontem, eu desisti. Desisti de tudo que eu mais queria, daquilo que eu mais desejava. O coração palpitava de vontade, mas eu resisti e desisti. E desistirei sempre for que necessário, sempre que eu estiver perto do fundo do poço. Depois do não, depois do ‘fim’, desejei que Deus me dê forças e fé, muita fé para continuar. Porque não vale à pena, não compensa. Porque tem pessoas que não valem à pena.”
Caio Fernando Abreu. (via delator)